Faltando poucos dias para o Dia de Finados, celebrado em 02 de novembro, a Prefeitura Municipal de Colina, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, orienta sobre a importância de reforçar os cuidados para o combate do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela.

O alerta para a população redobrar as ações de prevenção no Cemitério, considerado local de risco para a proliferação do mosquito é fundamental, uma vez que por ocasião da data, se intensifica a ida das pessoas que visitam o local para homenagear entes queridos e, também, limpar e enfeitar os túmulos.

A recomendação é que, ao comparecer aos cemitérios, as pessoas redobrem a atenção com os objetos que possam acumular água da chuva.

O Cemitério é considerado um ponto estratégico e, por isso, passa por vistorias quinzenais, no entanto, o Departamento Municipal de Controle de Vetores pede o apoio da população para evitar a possibilidade de proliferação do mosquito.

 “Qualquer recipiente exposto ao ar livre pode se tornar um criadouro do mosquito, e trazer sérios problemas à vizinhança. Neste período do ano, em que se alternam dias de chuva e de calor, o cuidado tem que ser permanente, ainda mais pelo Cemitério ser um ambiente favorável à reprodução e sobrevivência de larvas. Pedimos para que a população evite flores artificiais, levem vasos furados para que não acumulem água, não utilizem pratinhos, retirem embalagens e celofanes das flores e que preenchem os vasos até a borda”, informou o Coordenador de Fiscalização Epidemiológica, Antonio Donizete Figueira.

A Secretária Municipal da Saúde, Dra. Sadia Daher Rodrigues Ferreira, destacou que a Administração mantém, de forma ininterrupta, ações de combate ao mosquito transmissor da Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela.  

Ela ressalta que os cuidados para evitar a proliferação do Aedes Aegypti precisam ser mantidos durante o ano todo. “São ações que devem tornar-se hábitos permanentes. A população precisa trabalhar junto do Poder Público na prevenção da Dengue e das outras doenças transmitidas pelo mosquito”, acrescenta.

 

 

Tetê Poliseli

Assessora de Imprensa

Prefeitura Municipal de Colina