Diagnosticar os problemas; apoiar os alunos com dificuldade de aprendizagem; ampliar a oferta de matrículas na educação infantil de 0 a 3 anos atendendo 100% da demanda por vagas; colocar em funcionamento mais duas novas escolas de educação infantil de 0 a 5 anos; investir na conservação,  modernização, reforma e ampliação da infraestrutura das escolas; investir na segurança de alunos e funcionários executando os projetos de combate a incêndio nas unidades escolares; incentivar ações de leitura e formação de professores; garantir o pagamento do piso salarial nacional do magistério, seus reajustes anuais, bem como os vários benefícios da carreira do magistério; distribuir regularmente materiais escolares, livros didáticos e uniformes; a ampliação da frota do transporte escolar com a aquisição de novos ônibus; investir na reforma e ampliação da infraestrutura e na ampliação e modernização dos equipamentos da Central Municipal de Alimentação (em andamento); a construção de mais uma escola de educação infantil de 0 a 5 anos no bairro do Conjunto Habitacional “Napoleão Francisco Jorge” – COHAB 3 (em andamento); entre outras ações, foi a receita que garantiu à Prefeitura Municipal de Colina melhorar a qualidade do ensino público e avançar no IDEB – Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico 2019, divulgado pelo MEC – Ministério da Educação.

Colina superou a meta estipulada pelo MEC de 6.5, alcançando em 2019  a nota de 6.6 para os anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º anos).

O índice é obtido a cada dois anos por meio de provas aplicadas pelo INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, vinculado ao Ministério da Educação.

No que se refere à meta projetada do IDEB para os anos finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º anos), no IDEB 2019 o município avançou o seu resultado de 4.3 (2017) para 4.8 (2019). Embora não tenha alcançado a meta projetada para 2019, reduziu a diferença em 0,2 (dois décimos) entre a projeção e o resultado, ou seja, de 0,7 (sete décimos) em 2017 (meta 5,0 e resultado 4,3) para 0,5 (cinco décimos) em 2019 (meta 5,3 e resultado 4,8).

Importante destacar, que no contexto geral das edições do IDEB, Colina vem avançando em seus resultados, considerando que a melhoria da qualidade do ensino é resultado de um trabalho contínuo e processual em todas as etapas da educação básica.

A Profª. Elizabete Milani Neme, responsável pelo expediente da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, destacou que muitos têm sido os esforços e ações implementados pelo município visando a melhoria da qualidade do ensino público, bem como a dedicação e o comprometimento dos educadores com o avanço no desenvolvimento intelectual dos seus alunos.

A Profª Bete Neme atribuiu o avanço no IDEB ao empenho das equipes escolares e ao apoio financeiro da Administração na área educacional para ampliar o atendimento e garantir aos alunos das escolas municipais uma educação pública de qualidade e efetiva aprendizagem. “Esse é um avanço importante, que demonstra que as escolas estão obtendo resultado ascendente na avaliação realizada pelo MEC. O nosso desafio é manter e melhorar os índices alcançados de forma gradual e consistente”.