Dengue: Prefeitura de Colina intensifica ações para eliminação de criadouros

 

 

Dando sequência às ações de enfrentamento às Arboviroses, a Prefeitura Municipal de Colina, por meio da Secretaria Municipal da Saúde – equipes da Vigilância Epidemiológica e do Departamento de Controle de Vetores – tem intensificado as intervenções de combate ao mosquito Aedes aegypti em espaços públicos e residências, especialmente na eliminação de criadouros, com a realização de bloqueio e busca ativa de suspeitos. Também continua realizando o trabalho de Bota Fora para combater o mosquito da Dengue e os escorpiões, em todos os bairros da cidade.

As equipes da Vigilância Epidemiológica e do Departamento de Controle de Vetores realizam, constantemente, a distribuição de panfletos informativos, e afixação de banners nas UBS’s – Unidades Básicas de Saúde, com o objetivo de promover maior acesso à informação e orientações à população, para a eliminação de criadouros nas residências.

Vale ressaltar que a participação popular no trabalho de eliminação de criadouros é essencial, uma vez, que, segundo estudos, 80% dos focos estão nas residências.

Cuidados permanentes, como: tampar pneus, virar garrafas, jogar fora latas, limpar os bebedouros de animais, manter as caixas d’água tampadas. As Canaletas, lajes e calhas devem estar sempre limpas. Trocar a água dos vasos e dos pratos de plantas semanalmente ou enche-os com areia, colocar água sanitária semanalmente nos ralos. Enfim, evitar água parada para não deixar o mosquito nascer.

Até o momento, Colina registra 59 casos positivos de Dengue, sendo: 56 casos autóctones (de transmissão local) e 03 casos importados (transmissão de outros municípios). Outros 318 casos suspeitos aguardam o resultado de exames, que são realizados pelo Instituto Adolfo Lutz, de Ribeirão Preto. Vale ressaltar que em virtude de problemas de kits no Adolfo Lutz, que realiza os exames, Colina aguarda os resultados.

O Prefeito Municipal de Colina, Dieb Taha,  destacou que a Administração mantém, de forma ininterrupta, ações de combate ao mosquito transmissor da Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela. Ele ressalta que os cuidados para evitar a proliferação do Aedes Aegypti precisam ser mantidos durante o ano todo. “São ações que devem tornar-se hábitos permanentes. A população precisa trabalhar junto do Poder Público na prevenção da Dengue e das outras doenças transmitidas pelo mosquito”, acrescenta o Prefeito.

 

 

Tetê Poliseli

Assessora de Imprensa

Prefeitura Municipal de Colina

 

 

Foto 2 - Bota Fora DENGUE Foto 1 - Bota Fora DENGUE