Domingo, 29 de Março de 2020 -
     
 


Instituto Adolfo Lutz descarta morte de macacos por Febre Amarela em Colina

21/03/2017



Até o momento, não há nenhum diagnóstico positivo quanto à Febre Amarela em Colina. Seja em humanos ou macacos.

A Prefeitura Municipal de Colina, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, confirma em caráter oficial, que os exames feitos em material colhido nos dois macacos encontrados mortos na zona rural (tanto na Fazenda do Governo, quanto na Fazenda Santo Antônio), deram negativo para Febre Amarela. Os laudos foram realizados pelo Instituto Adolfo Lutz.

Mesmo com os resultados negativos desses animais, os profissionais da Secretaria Municipal da Saúde orientam todos os munícipes para que, caso encontrem algum macaco morto, comuniquem imediatamente a Secretaria pelo telefone 3341-9430, para que o animal possa ser recolhido e exames possam ser feitos.

A vacina contra Febre Amarela é gratuita e está disponível em todas as UBSs – Unidades Básicas de Saúde. Quem não tomou nenhuma dose ou a primeira há mais de dez anos deve procurar imunização. São necessárias duas doses da vacina para completa proteção.

Até o momento, Colina não tem casos positivos da doença em animais e não há casos suspeitos ou confirmados em humanos.

Prevenção – Além da vacina contra a Febre Amarela, a prevenção da doença deve ser feita evitando a disseminação do mosquito transmissor, o Aedes aegypti. Recipientes como caixas d’água, latas e pneus com água parada são ideais para que a fêmea do mosquito deposite seus ovos, de onde nascerão larvas, e se tornarão mosquitos. Portanto, deve-se evitar o acúmulo de água parada em recipientes destampados.

Tetê Poliseli
Assessora de Imprensa
Prefeitura Municipal de Colina



Fonte da imagem: Google