Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017 -
     
Home > SAAEC > Prefeitura de Colina implanta Projeto Óleo Nota 1000 nas escolas da Rede Municipal
 


Prefeitura de Colina implanta Projeto Óleo Nota 1000 nas escolas da Rede Municipal



No mundo todo o óleo de cozinha usado é descartado de forma errada e irresponsável, podendo acarretar sérios prejuízos para o meio ambiente. O óleo polui rios, lagos, lençóis freáticos e mares. Além disso, os resíduos despejados nos ralos das pias podem atrair alguns animais peçonhentos, corroer a rede de esgoto, provocar o entupimento e o rompimento da tubulação, entre outras consequências.

Pensando nesse contexto, a Prefeitura de Colina, por meio das Secretarias Municipais de Planejamento e Meio Ambiente e de Educação e Cultura, juntamente com o SAAEC – Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Colina lançou o Projeto Óleo Nota 1000 para a coleta de óleo de cozinha usado nas escolas da Rede Municipal de Ensino de Educação Infantil (creches e pré-escolas) e de Ensino Fundamental anos iniciais (1º aos 5º anos). Cada escola será um eco-ponto de arrecadação.

A iniciativa faz parte de uma parceria com a empresa “Óleo Nota 1000 – Coleta Seletiva de Óleo de Fritura Usado”, responsável por coletar semanalmente o óleo de fritura usado nas escolas. Segundo Daniel Barbosa, proprietário da empresa, os litros de óleo recolhidos nas unidades escolares serão reutilizados na produção de biodiesel.

O Projeto foi lançado nos dias 21 e 22 de março, durante os HPTCs com professores dessas modalidades de ensino, no Auditório da Secretaria Municipal de Educação. Na ocasião palestrou a Química do SAAEC, Renata Paro, que também é responsável pelo tratamento de água no município, e o empresário Daniel Barbosa, representando a iniciativa privada.

Vale destacar que a semana escolhida para o lançamento da campanha e divulgação com as equipes escolares foi uma ação comemorativa ao Dia Mundial da água, celebrado em 22 de março.

O projeto tem por objetivo conscientizar os alunos e suas respectivas famílias acerca da destinação correta do óleo usado e evitar ou diminuir o descarte na rede de esgoto, que tem prejudicado efetivamente o processo de tratamento do esgoto sanitário nas duas ETEs – Estações de Tratamento de Esgoto de Colina.

A coleta nas escolas teve início na última segunda-feira, dia 04 de abril, quando foram efetivadas as ações de educação ambiental junto aos alunos, com banners e distribuição de panfletos.

Recomendação – A recomendação sobre o que fazer com o óleo de cozinha usado nas nossas residências é aguardar o esfriamento do óleo, armazená-lo em garrafas pet, tampar bem e entregar no ponto de coleta, ou seja, em uma das escolas da Rede Municipal de Ensino.

Tetê Poliseli
Assessora de Imprensa
Prefeitura Municipal de Colina